Endereço de e-mail

Senha

Seja bem vindo(a)

Login

Senha

Não possui cadastro?
Clique aqui e cadastre-se.

Esqueci minha senha

SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS

Suplementos Especiais

SQUALENE 450 MG - MHS 120 ou 200 cápsulas

SQUALENE 450 MG - MHS 120 ou 200 cápsulas

Marca::  MHS

mais informações

SQUALENE 450 MG - MHS 120 ou 200 cápsulas

Marca::  MHS

mais informações

APRESENTAÇÃO

120 CAPS

200 CAPS

As combinações acima não possuem estoque.

por: R$ 275,00

Quantidade

+

-

COMPRAR

Ver outras formas de pagamento e parcelamento

Frete e prazo

Frete e prazo

calcular

Não sei meu cep

PRODUTOS RELACIONADOS

  • Novo
VITAKING S 500ml - TOHO
  • VITAKING S 500ml - TOHO
  • Toho |
  •  R$ 102,00
CHLORELLA - MHS
  • CHLORELLA - MHS
  • MHS |
  •  R$ 125,00
GABA 500 MG + VIT B6 100 CAPS - NOW FOODS
  • GABA 500 MG + VIT B6 100 CAPS - NOW FOODS
  • NOW FOODS |
  •  R$ 145,00
DHA  - MHS
  • DHA - MHS
  • MHS |
  •  R$ 295,00
MELATONINA 3 MG 100 TABS - OPTIMUM NUTRITION
  • MELATONINA 3 MG 100 TABS - OPTIMUM NUTRITION
  • OPTIMUM NUTRITION |
  •  R$ 65,00
  • Novo
  • -12%
TRIPLE OMEGA 3 6 9 60 CAPS SUNDOWN
  • TRIPLE OMEGA 3 6 9 60 CAPS SUNDOWN
  • SUNDOWN NATURALS |
  •  R$ 70,00

Descrição do Produto

Squalene – Óleo de Fígado de Tubarão 120/200 CÁPSULAS - MHS

A ciência moderna considera a redução crônica de oxigênio a nível celular como causa da degeneração biológica do homem. Cientistas como Dr. Hideo Noguchi e D. G. Warld (Prêmio de Nobel de Medicina), participam da mesma opinião indicando como causa principal das doenças crônicas do homem moderno, esta redução a nível celular. A deficiência em oxigênio começa lentamente e os sintomas subjetivos não são potencialmente aparentes. Comumente, o que ocorre é uma piora nas condições do estômago , a pele fica seca, nota-se diversos tipos de dores, que vão desde a dor no peito (tipo angina pectoris), dores reumáticas, nevrálgicas e a sensação é de cansaço intenso e desânimo - mesmo sem uma atividade física extenuante.

Se pensarmos que o mundo é governado por uma lei de causa e efeito, veremos que esta condição de fadiga constante não é uma exceção à regra. A dificuldade na recuperação da fadiga e do stress psicológico, qualquer que seja o descanso tentado, nos mostra que a nossa real capacidade de recuperação está diminuindo. A despeito do fato de que para manter a saúde de alguém, o fornecimento adequado de oxigênio é importante, existem muitos fatores que prejudicam este suprimento. A poluição do ar, os maus hábitos alimentares ( com quantidade cada vez maiores de aditivos químicos e agrotóxicos), a vida sedentária, somados ao stress, ansiedade etc, são elementos diretamente relacionados ao problema, pois aceleram a deficiência em oxigênio das células. Recebendo uma quantidade menor de oxigênio as células enfraquecem, levando a diminuição da ação do abdômen, à deteriorização da função respiratória e digestiva. Com função intestinal prejudicada, fezes acidóticas (decomposta em meio ácido) são mais facilmente produzidas. Mas qual o perigo? O real dano é que este tipo de fezes contém muitas toxinas. Essas toxinas são absorvidas no intestino e chegam ao sangue. Quando o sangue está contaminado, sua habilidade de transportar oxigênio para os vasos periféricos tem prejuízo, afetando principalmente o cérebro e lentamente funções importantes como memória, capacidade de discernimento e raciocínio são afetadas, ou seja, a vida definitivamente se abrevia com produção de fezes ácidas. Se o estômago ou intestino estão normais e nossa alimentação é realmente saudável, as fezes são produzidas normalmente, terão forma e cheiro normais. No entanto, se há deteriorização no funcionamento do trato digestivo, o alimento não será digirido, ele será "decomposto" e as fezes mudarão de cor, tamanho e cheiro. O grande algoz nesta situação são as aminoproteínas, substâncias extremamente tóxicas, presentes na decomposição em meio ao ácido. O mundialmente conhecido pesquisador hepático Lichtvich concluiu que de todas as muitas substâncias produzidas pelo corpo, não conseguiu pensar em uma substância mais nociva que o grupo das proteínas aminas. Resumindo, as nossas células enfraquecem não apenas pela quantidade menor de oxigênio recebida, mas também pelo grande número de toxinas presentes no nosso sangue, oriundas através de um padrão alimentar ruim ou da deteriorização da nossa função intestinal.

O câncer amedronta o homem moderno pela dificuldade na cura, mas se olharmos as células cancerosas aprendemos muito.

Primeiro, as células são anaeróbicas, isto é, elas não gostam da exposição direta ao ar ou oxigênio, apesar do fato de que todas as células do nosso organismo serem produzidas por células com características inteiramente diferentes. As células cancerosas, assim como os vírus, quando expostos ao oxigênio e ozônio se fracionam e são destruídas. Olhando isto, nós podemos dizer que câncer é um grupo de células que sofreram de extrema deficiência em oxigênio, ou seja, são células comuns que mudaram de características lentamente e se transformaram.

Algumas razões para isso acontecer são imagináveis: tendência pré-cancerosa, maus hábitos alimentares, vida sedentária, fumo stress, entre outras (se fôssemos enumerar todas, não terminaríamos). A razão das células cancerosas ficarem amalucadas na tentativa de repetir o DNA com as informações adequadas é fato delas estarem tentando se adaptar a um meio carente de oxigênio, e surpreendentemente suportam atividades anaeróbicas, dividindo-se em oxigênio.

Resumindo, o corpo humano é composto de aproximadamente 6 bilhões de células. Cada uma dessas células é fonte da nossa saúde. Doenças resultam da fadiga e do envelhecimento dessas células.

O tubarão vive nas profundidade oceânicas, em águas escuras, geladas, pobres em oxigênio e sob forte pressão atmosférica. Nesse ambiente inóspito, os animais têm um metabolismo muito lento, com reflexos e movimentos bastante vagarosos devido à pequena quantidade de oxigênio disponível. Curiosamente, no entanto, neste ambiente encontramos o tubarão Squalus com reflexos extremamente rápidos. Esta característica se apresenta em função da grande quantidade de oxigênio presente no sangue e nos tecidos desses animais, ou seja, o Squalus produz seu próprio oxigênio a partir de seu fígado imenso que ocupa dois terços de seu peso corporal.

O SQUALENE vem a ser o principal componente deste fígado e tem uma função maravilhosa no organismo humano que poderia ser definida em apenas duas palavras: "SUPRIMENTO DE OXIGÊNIO".

Não trata a doença, mas ao invés, cataliza cada célula no nosso corpo para promover boa saúde no seu processo de cura da doença. É sempre mais seguro dizer que as doenças são curadas pela ativação das células que por causa do SQUALENE. Por existir uma relação muito direta entre o oxigênio e as células do cérebro, o efeito do suprimento de oxigênio pelo SQUALENE primeiro aparece no cérebro, órgão que mais se beneficia deste suprimento extra.

 

 

 

origins-squalene-3.1-800x800-500x218

Uma das principais causas das doenças crônicas de nossa civilização atual é a redução do oxigênio celular. Desde o momento em que o ser humano passou a adotar hábitos de vida menos naturais, o seu organismo começou a sofrer uma redução na quantidade de oxigênio nas células de seus tecidos. A vida sedentária, o estresse, a alimentação desequilibrada e de pouca qualidade, o uso excessivo de remédios alopáticos, os vícios (álcool e tabagismo) e a poluição ambiental são os fatores, isoladamente ou em conjunto diretamente responsáveis pela redução de oxigênio no organismo.

SQUALENE

O squalene é uma substância bioquímica importante que ocorre em maiores proporções no óleo do fígado dos tubarões que vivem e se desenvolvem em águas profundas dos oceanos. Os tubarões Squalus da família Squalidae, da qual originou o nome “Squalene” são os campeões da produção de esqualene.

Nas águas oceânicas com profundidades entre 600 a 1000m, a ausência de luz solar, pressões altíssimas e a elevada escassez de oxigênio fazem com que os tubarões Squalus desenvolvam condições especiais para viver nestas profundidades, como por exemplo, um fígado extremamente avantajado que ocupa cerca de 1/3 (um terço) do tamanho do seu corpo. Isto possibilita a alta produção do esqualene, substância que os cientistas demonstraram, após intensas pesquisas, ser um poderoso gerador de oxigênio intracelular.

Segundo pesquisas do cientista Ryosuke Yokota, foi comprovado que o Squalene, em contato com a água, produz o oxigênio necessário ao esqualo habitar em tais profundezas.

Várias pesquisas demonstram que o Esqualeno possui a capacidade de diminuir a concentração sanguínea de colesterol total e LDL-colesterol, aumentando, em contrapartida, o HDL-colesterol (o colesterol benéfico), fatores estes importantes para a diminuição do risco de surgimento de doenças cardiovasculares.
O método de produção do Squalene foi criado pelo engenheiro Koyo Nemoto, cuja tecnologia permite um produto final sem odor nem gosto residual.
O suprimento incremental de oxigênio produz no organismo um efeito rejuvenescedor, ativa as funções do coração e pulmões, faz recuperar a elasticidade dos vasos capilares e melhora a circulação sangüínea.

Além disso, o oxigênio mantém as condições ideais do pH do sangue, proporcionando melhora na atuação dos hormônios e das enzimas, eliminando o cansaço físico.

    A Pronatural tem o squalene importado pela MHS que tem o SQUALENE, que é produzido com o fígado do esqualo e seus efeitos e benefícios são os mesmos da ginástica aeróbica. Aumento na assimilação do oxigênio, ativação do metabolismo e desenvolvimento da função do pulmão. Produz ainda um efeito rejuvenescedor suprindo o cansaço físico e facilitando a eliminação de impurezas do organismo, diminui as gorduras saturadas do organismo que podem a médio e longo prazo provocar distúrbios cardiovasculares, contribui para elevar a longevidade.

Benefícios e usos do óleo de fígado de tubarão

Podendo ser consumido por via oral, o óleo de fígado de tubarão é recomendado para proporcionar a produção de anticorpos

Parece um nome estranho, mas você já ouviu falar no óleo de fígado de tubarão? Bom, independente se sim ou não, tal substância é responsável por estimular a boa atuação do sistema imunológico e ainda por elevar o nível de anticorpos no organismo.

O óleo de fígado de tubarão e seus componentes

Após inúmeras pesquisas realizadas ao longo dos anos, atribuiu-se a elevada capacidade medicinal do óleo de fígado de tubarão em decorrência dos altos níveis de alquilgliceróis e alcoxigliceróis presentes na composição do mesmo. Inclusive, no óleo de determinadas espécies desse animal marinho é possível obter até 100 vezes mais a quantidade desse óleo do que quando o mesmo é produzido, por exemplo, pelo fígado do homem.

Consumido por meio de cápsulas, o óleo de fígado de tubarão tem sua produção, por meio dessa forma de consumo, realizada através de um rigoroso e natural processo capaz de assegurar o elevado nível de alquilgliceróis. É através desta etapa que são eliminados o colesterol, as toxinas e os metais nocivos presentes na composição deste óleo.

Squalene. Essa é a nomenclatura de uma substância que integra a composição do óleo de fígado de tubarão e que faz do mesmo um importante agente terapêutico.

Considera-se que o Squalene é capaz de auxiliar na prevenção e combate de doenças vasculares e ainda das dores nos músculos. Tal efeito é decorrente da função do Squalene em gerar oxigênio intracelular, promovendo assim um maior e melhor metabolismo celular, assim como o bom desenvolvimento das células.

Benefícios do óleo de fígado de tubarão e suas indicações

Podendo ser consumido por via oral, o óleo de fígado de tubarão é recomendado para proporcionar a produção de anticorpos, podendo assim combater resfriados, gripes, constipações entre outros problemas. Além disso, o mesmo representa um importante agente cicatrizante.

Para esses casos, o recomendado é consumir duas cápsulas desse óleo ao dia, sendo uma antes do almoço e outra posteriormente ao jantar.

É possível ainda utilizar o óleo de fígado de tubarão para tratar problemas de pele, a exemplo de fungos e frieiras. Nesses casos, sempre sobre orientação médica, basta umedecer o local afetado pela doença e aplicar o óleo diretamente sobre a pele.

Já para situações de inflamações, como é o caso das aftas, basta aplicar o óleo diretamente sobre a área afetada pelo abscesso ou ferimento

A vida sedentária, o estresse, a poluição, a alimentação desequilibrada, são exemplos de fatores que, isolados ou em conjunto, reduzem o oxigênio no organismo. Esta redução altera a viscosidade, densidade e acidez do sangue, afetando sua distribuição e consequentemente diminuindo a capacidade funcional dos órgãos. Quando esta redução torna-se crônica, ela se manifesta clinicamente como cansaço físico e mental, falta de ar, tontura, ansiedade, dores lombares, podendo desenvolver doenças mais graves como o câncer e os reumatismos. 

O Squalene vem para suprir esta necessidade de oxigênio, devido à sua capacidade de produzir oxigênio intracelular. Ele é capaz de fornecer oxigênio individualmente para cada célula, mantendo-as vivas e saudáveis.

 

Outro benefício deste suplemento é a regulação hormonal. Ao ser sintetizado no fígado, o Squalene gera o Proesqualeno, que é um precursor importante dos hormônios esteróides. Além disso, estudos comprovam que ele diminui o colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL).

Outras formas que o Squalene pode ser utilizado incluem: creme de beleza e hidratantes, para envelhecimento precoce, queimaduras, infecções e dores de ouvido, hemorróidas, asma, sinusite e dores de cabeça, fungos, aftas.

Modo de usar: Ingerir 2 cápsulas três vezes ao dia, antes das refeições.